Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br

Alterado o mecanismo para geração de relatórios internos do Eberick

Escrito em 21/01/2015, por Karine Cunha de Souza / 14 Comentários | Categoria: Ajustes no programa | Tags:

Alterado o mecanismo de geração dos relatórios no formato interno do Eberick, definido em “Configurações – Relatórios – Visualização”. O relatório gerado no formato interno é exibido em uma janela do próprio programa, tornando mais rápida a visualização dos dados, pois não depende da abertura de outro programa ou navegador.

A partir da próxima atualização, os relatórios internos passam a ter o mesmo layout dos relatórios exibidos em HTML, incluindo tabelas, figuras e formatação.

Figura 01 - Relatório Interno

Figura 01 – Exemplo de relatório gerado no formato interno

Com a mudança no mecanismo de geração, o programa passa a exibir de forma completa mesmo os relatórios mais extensos, situação comum em estruturas de maior porte.

Outra modificação refere-se a apresentação das informações do processamento, disponíveis na janela de “Análise estática linear”. Essa janela continua apresentando os principais resultados do processamento, como resultado de cargas e estabilidade global da estrutura (aba Resultados), como também os erros e avisos do processamento quando for o caso.

As demais mensagens da análise foram movidas para um relatório específico, disponível através do botão “Resultados” desta mesma janela.

janela analise estatica

Figura 2 – Janela de Análise Estática Linear, aba Resultados e indicação do relatório de Mensagens da análise.


Comentários

14 Comentários para Alterado o mecanismo para geração de relatórios internos do Eberick

  1. Ivan Bueno says:

    Prezada Eng. Karine,

    O processo P-delta determina os momentos do pilar não devem ultrapassar, por exemplo, 0,01% dos momentos obtidos na iteração anterior.

    Atualmente o Eberick apenas indica os percentuais do deslocamento, mas não os percentuais dos momentos máximos de uma iteração em relação à anterior.

    O P-delta converge pelo % do acréscimo do momento do pilar, de forma que seria interessante ter esta informação no relatório de análise do P-delta. Seria possível implementar nos resultados apresentados?

  2. Roger Scapini Marques says:

    Muito interessante esse novo formato de relatório. É importante que o programa forneça informações transparentes, inclusive colocando comentários sobre os cálculos efetuados. Ainda sinto falta de um relatório completo sobre os cálculo de blocos com pilares associados, que sempre resultam em alturas absurdas, coisa para ser revista com urgência no programa.

    • Ivan Bueno says:

      Faço coro com o comentário do Roger e aproveito pra pedir novamente a melhora nos diagramas gerados pelo Eberick:
      – cargas
      – momentos fletores
      – cortantes
      – momentos torsores
      – deformações (acho que está a contento, este).

      • Moderador Blog Eberick says:

        Bom dia Ivan,
        Se possível envie um exemplo do que gostaria que fosse melhorado nos diagramas.

        • Renato C. Costa says:

          Me desculpe, moderador, mas é só abrir qualquer livro texto básico de estruturas isostáticas e copiar o modelo ilustrado – qualquer ilustração é melhor do jeito que está.

          Em todo caso, estou anexando um exmeplo que correspeonde a um vão de uma viga continua.

        • Cristiano says:

          Moderador, os resultados apresentados pelas grelhas de lajes através daquela legenda simplesmente não colaboram em nada com o entendimento. Ficar clicando em barra por barra para ver o valor de momento, deslocamento, cortante, etc… não é nem um pouco prático.

        • Ivan Bueno says:

          Bom dia Karine,
          No “brainstorm” eu postei um exemplo de como acho que os diagramas deveriam ser apresentados, tanto no conjunto (todos numa mesma página) como na apresentação de cada um.
          Segue novamente a figura ilustrativa de exemplo, embora já postada anteriormente.

          • Moderador Blog Eberick says:

            Bom dia Ivan,
            Hoje é possível escolher as combinações ou envoltória para representação e gerar os diagramas agrupados através do menu Vigas – Diagramas – Abrir, por exemplo. O desejado é apresentar informações como reações e valores intermediários dos diagramas?

          • Ivan Bueno says:

            Oi, Karine.

            Além de informações de trechos intermediários e reações, a representação dos apoios e vínculos e uma melhor apresentação do todo, é a sugestão.

            A maneira como se acessam todos os diagramas, estando na página de dimensionamento de vigas, por “Vigas – Diagramas – Abrir” também poderia ser melhorada por um botão junto aos já existentes. Desta forma não é prático. Caio novamente na questão de que o Eberick carece de botões/ícones de acesso a mais comandos.

            Quanto às combinações, seria interessante poder transitar por elas e ter uma visualização “imediata” de cada uma, à medida em que se mudasse a combinação na lista. Penso que teria que ficar numa mesma tela. Ficaria ótimo. E poder escolher que diagrama representar no relatório, ou quais.

            Espero que tenha ficado claro. Ficou? :c)

          • Moderador Blog Eberick says:

            Bom dia Ivan,
            Entendido. Logo serão postadas mais informações sobre melhorias e novas discussões sobre os relatórios, diagramas e demais resultados apresentados pelo programa.

          • Ivan Bueno says:

            Obrigado pelo retorno, Moderador.

            Penso, e acho que é senso comum, que quanto mais ícones melhor. Mas o Eberick também tem um problema sério na organização das barras de ferramentas, que “dançam” de um lugar pra outro na tela, mesmo com a opção “manter organizado” selecionada. Umas barras “empurram” as outras na medida em que vamos usando e transitando de janela em janela ou quando fechamos e abrimos o Eberick.

            Em resumo:
            – ícones para todos (ou a maioria dos) comandos
            – barras de ferramentas organizadas e “comportadas”

            Desejável seria mesmo seria o Ribbon, como no QiBuilder e em todos outros softwares.

  3. Dionisio says:

    Prezados
    Com a “obrigatoriedade” da Certificação da Qualidade dos Projetos batendo à nossa porta, as memórias de cálculo passam a ter uma importância FUNDAMENTAL e precisam ser geradas da melhor forma possível pelos programas(documentação do projeto)- passaram a ser tão importantes quanto os desenhos. Nossa linguagem é gráfica (uma imagem vale mais que mil palavras, bla, bla, bla…).
    Assim, a possibilidade de incluir diagramas, na documentação do projeto, de clara leitura é fundamental; perdoem a brincadeira, mas uma vez um estagiário meu disse que os diagramas do Eberick pareciam mais eletrocardiogramas…
    Além do já escrito pelos colegas, acrescentaria a necessidade, na representação dos carregamentos, de aparecerem as cargas concentradas provenientes das reações de apoio das vigas apoiadas em vigas.
    Enfim, tenho ficado satisfeito, em geral, com as evoluções do Eberick!
    Dionísio – RJ

Você deve estar autenticado para enviar um comentário.

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder

Escrito em 27/04/2015

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder.

Esta versão marca o lançamento do QiSPDA sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, e a conclusão do desenvolvimento do QiElétrico.

Para mais informações acesse o blog do QiBuilder.

×

Liberada a revisão 2014-10 do QiBuilder

Escrito em 14/10/2014

Esta versão marca o lançamento do QiElétrico sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de instalações elétricas prediais. Esse produto entra na modalidade “experimentação”, para que possa ser utilizado pelos clientes enquanto os últimos recursos são adicionados ao mesmo. Essa estratégia dá à empresa a oportunidade de receber um feedback sobre o produto antes do seu lançamento comercial definitivo.

Foram corrigidos diversos problemas reportados pelos usuários da versão 2014-07, priorizando a estabilidade do programa.

Para saber mais sobre sobre os recursos e melhorias acesse o menu “Conteúdo” dentro do QiBuilder.

Download

Para conhecer o QiElétrico acesse o HOTSITE.

×

Liberada nova atualização do Eberick

Escrito em 16/04/2014

Disponibilizada uma nova atualização do programa: EberickV9 (atualização 2015-02).

Mais informações sobre a instalação desta nova atualização podem ser encontradas na guia Download.

×

Liberada uma nova revisão para o Hydros V4 e Lumine V4

Escrito em 01/04/2014

Foram disponibilizadas as revisões do Hydros V4 do Lumine V4.

Lumine V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Lumine V4 acesse:
Download_lumine_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Hydros V4 acesse:
Download_hydros_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4

 

×

Novo artigo sobre detalhamento de lajes

Escrito em 14/01/2014

Disponível um novo artigo para o Eberick, dando seqüência ao artigo publicado sobre a otimização do detalhamento das lajes (parte 1):

Artigo novo:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte II

Artigo relacionado:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte I

Acesse a base de conhecimento e confira outros artigos: www.altoqi.com.br/faq/.

×