Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br

Atualização da NBR 6118: Dimensão mínima dos pilares

Escrito em 08/04/2014, por Guilherme Augusto Alves Coelho / 13 Comentários | Categoria: Atualização NBR6118 | Tags:

Alterado o valor da dimensão mínima dos pilares, de 12 cm para 14 cm, seguindo as prescrições do item 13.2.3 da NBR 6118:2014. Neste caso, será facultado ao usuário manter as dimensões anteriores, alterando esse limite em um novo item de configuração criado em Dimensionamento – Pilares. Nessas situações, será emitido um aviso no detalhamento do pilar.

14

Dimensão mínima configurável (valor prescrito pela NBR 6118:2014)

14-2

Aviso ao detalhar pilar com dimensão menor que a preconizada pela norma 

Obs.: Os ajustes necessários para adequação do programa à NBR 6118:2014 estão sendo implementados com base no projeto de revisão apresentado para consulta pública. Os critérios serão reavaliados e ajustados de acordo com a liberação da norma.


Comentários

13 Comentários para Atualização da NBR 6118: Dimensão mínima dos pilares

  1. Roger Scapini Marques says:

    A meu ver não se trata de uma concessão, visto que a norma de desempenho permite de forma condicional que se utilizem seções inferiores àquelas preconizadas na norma de concreto armado.
    Falta ao Eberick um recurso de lançamento de pilaretes, que são elementos de baixa responsabilidade, incluindo pilares que não possuem amarração superior com vigas que é o caso de pilares de muro.
    Também faz falta um recurso para considerar a ficha de estacas broca, muito utilizadas em muros.

    • Andre Portz says:

      Concordo com o Roger, faz muita falta (e dá um trabalho imenso tentar simular) as estacas broca, não só as justapostas, que servem para contenção lateral, mas as isoladas, funcionando como fundação mesmo. Se possível, no caso das EB de contenção, já criar uma opção automática para a criação da viga de fechamento superior, por ser esta, no meu entender, elemento estrutural intrínseco ao trabalho desta contenção. Resumindo, seriam um elemento só.

      Para o caso de pilaretes, acho que seria muito útil a criação de uma opção para isso. Para o caso de muros simples, eu costumo anular a torção para poder lançar e calcular. Lembro-me de uma conversa com o suporte técnico há 8 anos atrás, uma vez que eu não conseguia lançar nenhum muro e isso já estava me incomodando muito e quem me deu ‘as coordenadas’, foi a Graziele Giombelli. Talvez aí, tentando aproximar o lançamento da realidade das obras correntes, o Eberick pudesse conjugar elementos pré-fabricados tipo canaleta, para realizar o fechamento ou sem fechamento, calculando apenas pelo travamento dos blocos ao redor dos pilares.

    • Ivan Bueno says:

      Faço coro com a sugestão/reivindicação do Roger e do André. É algo que realmente faz falta e representa muitas horas de trabalho atualmente. Seriam ótimas implementações.

  2. Jair Mariano Pacheco says:

    Que os fabricantes tijolos saibam disto, pois existe uma variedade enorme de tijolo com espessura abaixo de 14cm. Os arquitetos teriam que rever quando projetarem prédio.

  3. THIAGO says:

    Faço coro com a sugestão/reivindicação do Roger e do André e do Ivan.
    Para uma questão simples como muros, acaba acarretado um trabalho maior do que o necessário.

Página de comentários

Você deve estar autenticado para enviar um comentário.

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder

Escrito em 27/04/2015

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder.

Esta versão marca o lançamento do QiSPDA sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, e a conclusão do desenvolvimento do QiElétrico.

Para mais informações acesse o blog do QiBuilder.

×

Liberada a revisão 2014-10 do QiBuilder

Escrito em 14/10/2014

Esta versão marca o lançamento do QiElétrico sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de instalações elétricas prediais. Esse produto entra na modalidade “experimentação”, para que possa ser utilizado pelos clientes enquanto os últimos recursos são adicionados ao mesmo. Essa estratégia dá à empresa a oportunidade de receber um feedback sobre o produto antes do seu lançamento comercial definitivo.

Foram corrigidos diversos problemas reportados pelos usuários da versão 2014-07, priorizando a estabilidade do programa.

Para saber mais sobre sobre os recursos e melhorias acesse o menu “Conteúdo” dentro do QiBuilder.

Download

Para conhecer o QiElétrico acesse o HOTSITE.

×

Liberada nova atualização do Eberick

Escrito em 16/04/2014

Disponibilizada uma nova atualização do programa: EberickV9 (atualização 2015-02).

Mais informações sobre a instalação desta nova atualização podem ser encontradas na guia Download.

×

Liberada uma nova revisão para o Hydros V4 e Lumine V4

Escrito em 01/04/2014

Foram disponibilizadas as revisões do Hydros V4 do Lumine V4.

Lumine V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Lumine V4 acesse:
Download_lumine_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Hydros V4 acesse:
Download_hydros_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4

 

×

Novo artigo sobre detalhamento de lajes

Escrito em 14/01/2014

Disponível um novo artigo para o Eberick, dando seqüência ao artigo publicado sobre a otimização do detalhamento das lajes (parte 1):

Artigo novo:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte II

Artigo relacionado:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte I

Acesse a base de conhecimento e confira outros artigos: www.altoqi.com.br/faq/.

×