Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br

Atualização da NBR 6118: Espessura mínima das lajes

Escrito em 07/05/2014, por Denise Bresciani / 11 Comentários | Categoria: Atualização NBR6118 | Tags:

Alterado o valor da espessura mínima das lajes maciças, de 5 cm para 7 cm, e da espessura da capa em lajes com nervuras, de 3 cm para 4 cm, seguindo as prescrições do item 13.2.4.1 da NBR 6118:2014.

Espessura mínima para laje maciça, segunda a NBR 6118/2014

Espessura mínima para laje maciça, segunda a NBR 6118:2014

Espessura mínima para espessura da capa das lajes com nervuras, segunda a NBR 6118:2014

Espessura mínima para espessura da capa das lajes com nervuras, segunda a NBR 6118:2014

Para o caso específico das lajes em balanço, foi incluída uma verificação para a espessura mínima, definida em 10 cm. Nessa situação, o detalhamento das lajes irá emitir o novo Aviso 83 (“A Laje em balanço Lxx não respeita a espessura mínima”). Além disso, foi incluída a consideração do coeficiente adicional de ponderação dos esforços ao dimensionamento de lajes em balanço com espessura inferior a 19 cm, conforme definido pelo item 11.7.1 da NBR 6118:2014. O usuário pode controlar quais lajes são consideradas em balanço através da coluna “Balanço” na janela de dimensionamento das lajes.

Obs.: Os ajustes necessários para adequação do programa à NBR 6118:2014 estão sendo implementados com base no projeto de revisão apresentado para consulta pública. Os critérios serão reavaliados e ajustados de acordo com a liberação da norma.


Comentários

11 Comentários para Atualização da NBR 6118: Espessura mínima das lajes

  1. Cristiano says:

    Moderador, as lajes pré entram no item de lajes com nervuras?

  2. Ivan Bueno says:

    Cara Moderadora,

    Fiquei com uma dúvida em relação a este tópico. Como no caso dos pilares, onde a dimensão mínima passou de 12cm para 14cm, mas podemos “desobedecer” a norma, também poderemos desobedecê-la na espessura mínima e na capa, adotando valores menores que 7cm e 4cm respectivamente?

    Acho importante que possamos “desobedecer” em especial para eventuais necessidades de verificação de projetos elaborados pela norma anterior.

    • Moderador Blog Eberick says:

      Boa tarde Ivan,
      A princípio, como já são limites de espessura pequenos, não será possível lançar novos elementos com espessura inferior a 7 cm para as lajes maciças e 4 cm para as capas das lajes com nervuras. Para os projetos já lançados, será emitido um aviso no processamento, alertando o usuário sobre os novos limites preconizados.

  3. Roger Scapini Marques says:

    Não vejo porque ficar tirando recursos do programa. Geralmente pegamos obras antigas com dimensões inferiores que exigem peritagem, e isso reduz a gama de opções. Considerem deixar esses limites como advertências apenas.

    • Renato C. Costa says:

      Eu também não entendo porque limitar; seria melhor incluir avisos depois processamento e mensagens na tela de confirmação quando se altera o valor para abaixo do permitido, quer dizer, pedindo confirmação do eng-usuário para continuar com a alteração.

    • Moderador Blog Eberick says:

      Boa tarde Roger, Renato e Dacol,
      O Eberick terá uma versão com a norma NBR6118:2007, permitindo a conferência dos projetos “antigos”, e outra versão com a atualização da NBR6118:2014.

      • Renato C. Costa says:

        Não adianta, mesmo, né moderador; diante de uma sugestão de melhoria, a empresa sempre já vem com a solução à situação pronta ao seu jeito, cabendo ao usuário apenas… acatar.

        A solução ideal e única válida seria aquela onde lá nas configurações, o usuário pudesse vir a selecionar a norma corrente do projeto atual, e não ter que ficar trabalhando com dois aplicativos em separado.

        Aliás as modificações dessa norma estão sendo tão simples que não vejo como justificar tal impossibilidade.

      • Roger Scapini Marques says:

        Moderador, basta uma opção de permitir ou não a espessura, tal como é feito com a área mínima de pilares. Pra que complicar? A AltoQi não percebe que vai acabar deixando o programa com menos recursos?

      • Giles Bortolon Leitão says:

        Realmente, usar duas versões é contraproducente. Reforço o que o Renato escreveu, que “a solução ideal e única válida seria aquela onde lá nas configurações, o usuário pudesse vir a selecionar a norma corrente do projeto atual”.

Você deve estar autenticado para enviar um comentário.

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder

Escrito em 27/04/2015

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder.

Esta versão marca o lançamento do QiSPDA sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, e a conclusão do desenvolvimento do QiElétrico.

Para mais informações acesse o blog do QiBuilder.

×

Liberada a revisão 2014-10 do QiBuilder

Escrito em 14/10/2014

Esta versão marca o lançamento do QiElétrico sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de instalações elétricas prediais. Esse produto entra na modalidade “experimentação”, para que possa ser utilizado pelos clientes enquanto os últimos recursos são adicionados ao mesmo. Essa estratégia dá à empresa a oportunidade de receber um feedback sobre o produto antes do seu lançamento comercial definitivo.

Foram corrigidos diversos problemas reportados pelos usuários da versão 2014-07, priorizando a estabilidade do programa.

Para saber mais sobre sobre os recursos e melhorias acesse o menu “Conteúdo” dentro do QiBuilder.

Download

Para conhecer o QiElétrico acesse o HOTSITE.

×

Liberada nova atualização do Eberick

Escrito em 16/04/2014

Disponibilizada uma nova atualização do programa: EberickV9 (atualização 2015-02).

Mais informações sobre a instalação desta nova atualização podem ser encontradas na guia Download.

×

Liberada uma nova revisão para o Hydros V4 e Lumine V4

Escrito em 01/04/2014

Foram disponibilizadas as revisões do Hydros V4 do Lumine V4.

Lumine V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Lumine V4 acesse:
Download_lumine_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Hydros V4 acesse:
Download_hydros_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4

 

×

Novo artigo sobre detalhamento de lajes

Escrito em 14/01/2014

Disponível um novo artigo para o Eberick, dando seqüência ao artigo publicado sobre a otimização do detalhamento das lajes (parte 1):

Artigo novo:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte II

Artigo relacionado:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte I

Acesse a base de conhecimento e confira outros artigos: www.altoqi.com.br/faq/.

×