Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br

Brainstorming: Eberick V9 Next

Escrito em 24/11/2014, por Moderador Blog Eberick / 108 Comentários | Categoria: Discussões | Tags:

No próximo ano vamos dar início a uma nova etapa de desenvolvimento para o Eberick onde será criado um novo projeto Next e novos módulos para a linha estrutural.

  • O projeto Eberick Next estará voltado para o desenvolvimento de novos recursos para a base do programa e melhorias dos recursos existentes, com foco na produtividade e qualidade dos resultado dos trabalhos freqüentemente utilizados durante a elaboração de projetos.
    • Para o primeiro Release do Eberick V9 Next que se inicia no próximo ano estão previstos recursos como a criação de estribos múltiplos para pilares, melhoria no tratamento da barra de fundação do pilar de arranque no modelo e melhorias de detalhamentos, iniciando pelo detalhamento de blocos de fundações.
    • Os demais recursos do Eberick V9 Next serão definidos a partir da coletada de novas sugestões.
  • Paralelamente ao projeto Next serão desenvolvidos novos módulos, iniciando com um módulo para criação de regiões maciças em lajes e um editor das barras da grelha e, posteriormente, recursos relacionados a utilização de concreto de alto desempenho. Os demais módulos serão discutidos e detalhados no decorrer do ano.

Para composição dos próximos projetos, especialmente os relacionados ao projeto Eberick Next, estamos abrindo este brainstorming (geração de novas ideias livres através da participação coletiva) para discussão de novas ideias e sugestões. Nos projetos anteriores também foram feitos brainstormings que geraram um importante conjunto de sugestões e parte destas foram implementadas no decorrer dos projetos. Contudo, com o tempo podem ir surgindo novas necessidades ou mudanças na prioridade dos recursos esperados e também por isso estamos abrindo este espaço.

Contribua comentando abaixo sobre quais são seus desejos de melhorias para o Eberick…

Obs.: A criação deste espaço não é garantia de que todas as ideias discutidas serão desenvolvidas. Entretanto, buscaremos atender o máximo de situações dentro dos objetivos definidos.

(1 visitas hoje)

Comentários

108 Comentários para Brainstorming: Eberick V9 Next

  1. Dawson says:

    Bom dia Pessoal da altoqi. Sugiro que seja implantado o mais rápido no eberick lajes nervuradas com protensão e também lajes protendidas. Acho que passou da hora desta excelente empresa nos brindar com essas atualizações. Abraço a todos e aos colegas de blogs.

  2. Evani says:

    Gostaria de deixar como comentário a avaliação de termos armaduras engarrafadas nos pilares, para evitarmos problemas futuros em cobrimento.

  3. Ricardo says:

    Sugestões:

    1- Inserção do Eberick na tecnologia BIM
    2- Lajes Protendidas
    3- Vigas Protendidas
    4- Interação Solo Estrutura
    5- Estruturas Mistas (Concreto – Aço)
    6- Dimensionamento de sapatas corridas sem viga
    7- Muro de arrimo contínuo e não por trechos
    8- Armação em 3D
    9- Dimensionamento de estacas moldadas in loco
    10- Dimensionamento de vigas U, L e T (isoladas)
    11- Corte de vigas nas posições desejadas pelo usuário
    12- Indicação dos ferros nos cortes das vigas
    13- Detalhamento das vigas com comprimento real dos ferros para as vigas em ângulo e curvas. Atualmente os ferros são detalhados pelo comprimento médio, o que inviabiliza o envio deste detalhamento para as empresas de corte e dobra.

    • Andre Portz says:

      Endosso as palavras do Ricardo, acrescentando (pedido muito muito antigo meu) vigas e pilares com seção variável em mísula.

      No caso do “item 10- Dimensionamento de vigas U, L e T” (isoladas)o Eberick já faz isso para L e T bastando desabilitar a contribuição da mesa. Viga U só mesmo artificializando com duas vigas retangulares paralelas e uma laje engastada em ambas.

      No caso do “item 7- Muro de arrimo contínuo e não por trechos”, é importante o lançamento, também, de trechos em curva contínuos.

      Finalmente, em relação às Lajes Protendidas, vê-se aqui claramente, o que já venho pedindo à bastante tempo via e-mail : uma demanda altamente reprimida pelo software, mas quero enfatizar ao Moderador e a toda Equipe de desenvolvimento de que não adianta lançar um recurso para dimensionamento e detalhamento somente fazendo uma leitura dos itens de norma porquê não será uma boa ferramenta competitiva. O mercado deste segmento evoluiu muito nos últimos anos e o dimensionamento tem se sofisticado enormemente, bastando ver o quanto se está vencendo vãos livres cada vez maiores, sem a necessidade de aumento substancial da espessura. Muito importante será a análise do software e a liberdade a ser dada ao calculista de lançamento manual (como opção) das faixas de protensão juntamente a uma escolha criteriosa do tipo de cordoalha a ser utilizada.

      • Ricardo says:

        André, obrigado pelos comentários.
        Realmente ocorreu um equívoco quando falei em vigas U, L e T. A viga T pode sim ser gerada, entretanto na minha versão a L também não está disponível. Portanto, a L e a U ainda não podem ser geradas. Vale lembrar que a viga U é muito utilizada no papel de calha ou canaleta. Nestes casos a solução tem sido adaptar a viga T para uma viga U.

        • Andre Portz says:

          Ricardo, sua solicitação é pertinente e eu aproveitei para complementar. No caso das Vigas U também faço coro para que fossem dimensionadas como um U maciço e não usando o único artifício que se pode criar, ou seja, o das duas vigas retangulares paralelas ligadas a uma laje. A Viga U é muito necessária na criação de calhas e canaletas. Atualmente esse U artificial praticamente não tem inércia contabilizável para o Estadio II ao passo que se fosse maciço a inércia seria a correta e muito maior, ajudando muito na distribuição de tensões e para apoiar Lajes com Vãos grandes.

          O Eberick realmente não calcula as vigas em L maciço, somente com a contribuição de Mesa na laje.

    • Andre Portz says:

      complementando :
      no caso do “item 4- Interação Solo Estrutura” já ajudaria muito se pudesse ser inserido apenas o coeficiente de recalque vertical kv (kgf/m³) no lugar do vínculo tipo ‘Elástico padrão’ e o software calculasse automaticamente, baseando-se nas seções das sapatas calculadas, os coeficientes de deslocamento K (em kgf/m) e, finalmente, os Deslocamentos nos eixos X, Y e Z (em cm) e as Rotações nos eixos X e Y (em kg.m/rad) para o incremento no dimensionamento do pórtico. Simplificaria tudo. Como está, exige uma planilha externa para esse fim, com lançamento manual, o que convenhamos, é muito trabalhoso.

      • Moderador Blog Eberick says:

        Bom dia Ricardo e André,
        A AltoQi está planejando uma solução para protendidos, iniciando por lajes protendidas e que deve ser liberada ainda em 2015. Os detalhes dessa solução ainda estão sendo definidos e serão amplamente divulgados no início do próximo ano.

        • Andre Portz says:

          Agradeço ao Moderador pelo pronto retorno e torço que isso aconteça ainda no 1º semestre de 2015. Solicito para que a AltoQi, nesse caso de lajes protendidas, mantenha um canal específico com os calculistas para ouvir nosso feedback e tratar os questionamentos que poderão surgir após o lançamento.

  4. Cld Engenharia ltda me says:

    Não me canso de solicitar, pedir que nos atenda, e nada. Até quando podemos esperar pela pretensão das lajes e vigas. Se não tiver evolução vou ter que tomar medidas mais radicais, pois meus clientes não tão querendo mais esperar.

    “Faço coro ao colega para desenvolvimento e implementação de lajes e vigas com protensão de maneira urgente pois o mercado não espera! Abraços a todos”

  5. Jamir Silva Sampaio says:

    Hoje em dia o que não podemos perder é tempo, por isso acho importante melhorias na parte de impressão, se o projeto tiver 40 pranchas, serão 40 operações de ler carimbo e mais 40 operações de gravar arquivo. Isso tem que ser otimizado.

Página de comentários
1 2 3 8

Você deve estar autenticado para enviar um comentário.

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder

Escrito em 27/04/2015

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder.

Esta versão marca o lançamento do QiSPDA sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, e a conclusão do desenvolvimento do QiElétrico.

Para mais informações acesse o blog do QiBuilder.

×

Liberada a revisão 2014-10 do QiBuilder

Escrito em 14/10/2014

Esta versão marca o lançamento do QiElétrico sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de instalações elétricas prediais. Esse produto entra na modalidade “experimentação”, para que possa ser utilizado pelos clientes enquanto os últimos recursos são adicionados ao mesmo. Essa estratégia dá à empresa a oportunidade de receber um feedback sobre o produto antes do seu lançamento comercial definitivo.

Foram corrigidos diversos problemas reportados pelos usuários da versão 2014-07, priorizando a estabilidade do programa.

Para saber mais sobre sobre os recursos e melhorias acesse o menu “Conteúdo” dentro do QiBuilder.

Download

Para conhecer o QiElétrico acesse o HOTSITE.

×

Liberada nova atualização do Eberick

Escrito em 16/04/2014

Disponibilizada uma nova atualização do programa: EberickV9 (atualização 2015-02).

Mais informações sobre a instalação desta nova atualização podem ser encontradas na guia Download.

×

Liberada uma nova revisão para o Hydros V4 e Lumine V4

Escrito em 01/04/2014

Foram disponibilizadas as revisões do Hydros V4 do Lumine V4.

Lumine V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Lumine V4 acesse:
Download_lumine_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Hydros V4 acesse:
Download_hydros_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4

 

×

Novo artigo sobre detalhamento de lajes

Escrito em 14/01/2014

Disponível um novo artigo para o Eberick, dando seqüência ao artigo publicado sobre a otimização do detalhamento das lajes (parte 1):

Artigo novo:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte II

Artigo relacionado:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte I

Acesse a base de conhecimento e confira outros artigos: www.altoqi.com.br/faq/.

×