Você está visualizando uma versão anterior do blog Eberick Next. Mantenha-se informado acessando o novo blog
Acesse http://ebericknext.altoqi.com.br

Verificação de vigas de concreto armado em situação de incêndio

Escrito em 21/05/2013, por Leo Barcellos / 7 Comentários | Categoria: Módulo Incêndio | Tags:

A verificação de vigas de concreto armado em situação de incêndio foi desenvolvida utilizando-se uma adaptação do método tabular de verificação de elementos de concreto armado em situação de incêndio, conforme item 8.2.1 da ABNT NBR 15200:2012.A verificação baseia-se em comparar dimensões do elemento com dimensões limites, especificadas em tabelas da norma.

O TRRF, a condição de apoio da viga, a largura e a distância do centro geométrico das armaduras ao fundo da viga, são os principais fatores na verificação. Os parâmetros da seção são comparados, por meio de interpolação linear, com os valores limites obtidos das tabelas da norma, de acordo com a condição de apoio e o TRRF, comparando-se primeiramente a largura da viga com a largura mínima permitida e posteriormente, caso a primeira seja aprovada, a distância do centro geométrico ao fundo da viga (C1), cujo limite se altera de acordo com a largura.

A verificação de cobrimento lateral (C1L) das armaduras é configurável, permitindo ao usuário não fazer esta verificação, caso deseje resolver a concentração de temperaturas junto às bordas de uma forma alternativa (item 8.2.1 da ABNT NBR 15200:2012).

O revestimento físico definido na configuração de Incêndio diminui os limites de largura mínima, enquanto o revestimento efetivo diminui os limites de C1.

c1l

Distância C1 e C1L

Para vigas contínuas com TRRF  90min é feita uma verificação adicional da condição de apoio, onde, para considerar a viga como contínua, se faz necessário que 25% da armadura negativa do apoio se mantenha até 0,3L, caso contrário, a condição de apoio da viga para a verificação de incêndio é tida como apoiada.

armadura negativa

Envoltória de momentos fletores

É aplicada também uma redução (?C1) dos valores limites de C1, conforme indicação do item 8.2 da norma, levando em consideração a razão entre As,calc e As,ef , e entre o esforço em situação de incêndio, calculado por meio das combinações de incêndio, e o esforço na situação ambiente.

Os resultados das verificações de incêndio são exibidos na janela “Verificação de Incêndio”, onde se podem ter acesso a todos os elementos verificados, seus parâmetros e valores limite, além de permitir alteração dos elementos diretamente pela janela, visando maior agilidade no momento da adequação do projeto à situação de incêndio.

janela

Janela de verificação de incêndio

O Eberick não altera o dimensionamento dos elementos em função da verificação de incêndio, visto que a alteração das bitolas ou quantidade de barras não altera significativamente os resultados das verificações, todavia, são fornecidas informações dos limites de dimensionamento permitindo adequar os elementos à situação de incêndio.

(1 visitas hoje)

Comentários

7 Comentários para Verificação de vigas de concreto armado em situação de incêndio

  1. FRANCISCO says:

    Muito Bom. Está indo bem.

  2. Dionisio says:

    Até aqui, bom trabalho, pessoal! Bom trabalho!

  3. Ivan Bueno says:

    Seria interessante ter, na janela de dimensionamento de “verificação de incêncio” a figura indicativa de C1 e C1L, como postado aqui. Realmente parece estar ficando interessante.

  4. Renato C. Costa says:

    Será possível editar os dados das tabelas da norma, de modo a que a verificação fique à controle do eng-usuário, e não apenas do aplicativo ?

Você deve estar autenticado para enviar um comentário.

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder

Escrito em 27/04/2015

Liberada a revisão 2015-04 do QiBuilder.

Esta versão marca o lançamento do QiSPDA sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas, e a conclusão do desenvolvimento do QiElétrico.

Para mais informações acesse o blog do QiBuilder.

×

Liberada a revisão 2014-10 do QiBuilder

Escrito em 14/10/2014

Esta versão marca o lançamento do QiElétrico sobre o QiBuilder, um produto destinado ao projeto de instalações elétricas prediais. Esse produto entra na modalidade “experimentação”, para que possa ser utilizado pelos clientes enquanto os últimos recursos são adicionados ao mesmo. Essa estratégia dá à empresa a oportunidade de receber um feedback sobre o produto antes do seu lançamento comercial definitivo.

Foram corrigidos diversos problemas reportados pelos usuários da versão 2014-07, priorizando a estabilidade do programa.

Para saber mais sobre sobre os recursos e melhorias acesse o menu “Conteúdo” dentro do QiBuilder.

Download

Para conhecer o QiElétrico acesse o HOTSITE.

×

Liberada nova atualização do Eberick

Escrito em 16/04/2014

Disponibilizada uma nova atualização do programa: EberickV9 (atualização 2015-02).

Mais informações sobre a instalação desta nova atualização podem ser encontradas na guia Download.

×

Liberada uma nova revisão para o Hydros V4 e Lumine V4

Escrito em 01/04/2014

Foram disponibilizadas as revisões do Hydros V4 do Lumine V4.

Lumine V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Lumine V4 acesse:
Download_lumine_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4 Revisão 13

Para baixar a revisão 13 do Hydros V4 acesse:
Download_hydros_V4_R13
Para saber mais informações acesse “? – Atualizações recentes”

Hydros V4

 

×

Novo artigo sobre detalhamento de lajes

Escrito em 14/01/2014

Disponível um novo artigo para o Eberick, dando seqüência ao artigo publicado sobre a otimização do detalhamento das lajes (parte 1):

Artigo novo:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte II

Artigo relacionado:

Otimização do detalhamento das lajes – Parte I

Acesse a base de conhecimento e confira outros artigos: www.altoqi.com.br/faq/.

×